COMO NASCEU

25 de Janeiro de 1977 foi o primeiro dia do Monte Sião.

A Irmã Lilia do Sagrado Coração de Maria teve conhecimento que em Fátima se estava a dar início a uma nova forma de oração de louvor que se dizia ser oração carismática.

O Padre José Lapa (Missionário do Espírito Santo) teve essa experiência durante uma visita a Roma.

Quando chegou a Portugal não pode resistir muito tempo e, com um grupo de cristãos amigos, fizeram em Fátima essa primeira oração de louvor, que daí se espalhou pelo país mostrando o poder do Espírito Santo.

A Irmã Lilia soube que se repetiria em Lisboa a mesma experiência e foi ao encontro desse grupo que estava reunido em São Mamede na casa das Irmãs.

Veio daí com o propósito de abrir na paróquia de São Jorge de Arroios um grupo. Falou com Monsenhor José de Freitas e com o Padre Manuel de Carvalho, Feito o convite na paróquia, responderam 12!. E numa 4ª feira, dia 25 de Janeiro de 1977, foi iniciado o Grupo.

C. Garcia


UM POUCO DE HISTÓRIA

O pequenino grupo inicial reuniu semanalmente: cânticos de louvor, partilha da Palavra, Adoração, bem como Ensinamentos espirituais e de formação catequética … uma caminhada de conversão interior e crescimento na fé.
Rapidamente o “fogo” do Espírito Santo alastrou, trazendo novos elementos ao Grupo, alguns paroquianos outros vindos dos mais variados locais de Lisboa. Em meados dos anos 80, o 6º andar enchia-se totalmente! Cerca de uma centena de pessoas!
Nos primeiros anos, foi intenso o trabalho apostólico desenvolvido por elementos do Grupo, através de inúmeras acções de formação, organização de Assembleias, criação de novos Grupos de Oração … um serviço abrangendo toda a Diocese de Lisboa.
Muito contribuiu, para isso, o facto de participarem no Monte Sião, elementos das equipas diocesanas e até nacional do RCC, na década de 80 e 90: o Pe. Manuel de Carvalho (Assistente do Monte Sião desde a primeira hora) foi Assistente Diocesano de Lisboa do RCC; Carlos Garcia, Milú Frazão, Emília Nadal, Maria Helena Amorim … fizeram parte de equipas diocesanas e até nacional!
E não esqueceremos nunca a Ir. Teresa Paiva Nazaré, o Pe. Ângelo del Oro (foi Assistente diocesano nos finais dos anos 70), Pe. Luís Archer … que semanalmente participavam na oração do Grupo.
O Monte Sião foi semente de vários grupos espalhados pela cidade e pelo país. O seu Carisma, que por várias vezes foi testemunhado, era o da cura espiritual e física e da profecia.


NO 36ºANIVERSÁRIO DO MONTE SIÃO (25 de Janeiro de 2013)

Muitos destes irmãos foram chamados, pelo Espírito Santo, a iniciar outros Grupos nas suas paróquias. Outros partiram para a casa do Pai (fazendo hoje parte da grande Igreja Celeste, onde continuam a louvar e a glorificar o Deus vivo e intercedendo pelo “Monte Sião”).
E eu, Monte Sião, fui ficando mais pequenino em número, mas não nas graças nem nos dons que o Espírito sempre concede aos que O invocam de coração e mente abertos.
Nas Assembleias e Retiros do Renovamento, podereis encontrar, hoje, alguns desses rebentos do Monte Sião que certamente vos confirmarão todas as maravilhas que aqui vivemos.
É bom recordar! Mas é ainda melhor continuar, ao fim destes anos, a viver tão intensamente como no primeiro dia todas as maravilhas que o Senhor fez, faz e continua fazendo em nós.
Este meu ”discurso de aniversário,” já vai um pouco longo, mas tenho estado a tomar coragem para vos fazer um desafio de vida: deixai-vos renovar pelo Santo Espírito, comprometei-vos a serdes o Rosto do Deus Vivo! Pela minha parte, eu vos asseguro que as palavras do Salmo 132,13-14 serão uma realidade: “O Senhor escolheu Sião, preferiu-a para sua morada: «Este será para sempre o meu lugar de repouso, aqui habitarei, porque o escolhi.»”

Virgínia Bernardo (actual Responsável do Grupo)




TESTEMUNHO

O Grupo de Oração Monte Sião foi, é, para mim uma Escola de Vida; oração, louvor e adoração: conversão interior no encontro com o Senhor Ressuscitado, crescimento interior na intimidade com o Senhor, a doação de mim próprio e abertura à vontade do Senhor para mim.
Também foi no Monte Sião que o Senhor adestrou as minhas mãos para a luta contra Satanás, o Diabo e suas insídias, através da perseverança no amor a Deus e aos irmãos. A perseverança na vida sacramental; participação diária no Sacramento da Eucaristia e participação assídua no Sacramento da Penitência e da Reconciliação.
Também no Monte Sião, pequena Igreja de Cristo, o Senhor está presente no seu Santo Espírito e atento às nossas necessidades temporais e espirituais e age em nós, curando-nos, exortando-nos, abençoando-nos; Ele caminha connosco, não só comigo pessoalmente, mas com o Grupo como comunidade da Igreja, como Povo de Deus.

João Paulo Amaro
03-06-2013


Oração de Consagração do Grupo Monte Sião a Nossa Senhora
Maria, Mãe da Igreja e Rainha do Monte Sião:

Como os discípulos de Jesus,
reunidos contigo no Monte Sião da Cidade santa,
implorando o dom do Espírito Santo,
assim estamos hoje,
unidos numa mesma oração,
entregando-nos confiadamente à tua protecção.

Bem conscientes da nossa fraqueza,
pedimos-Te que nos acolhas e nos orientes
e que não deixes
que possamos enganar-nos ou transviar-nos.

Dirigimo-nos ao teu Coração Imaculado e Materno;
porque possuis o dom da sabedoria,
porque conheces os caminhos de Deus
e porque a tua vida foi sempre
a Vida do Espírito.

Vela por nós
e por todos aqueles que,
reunidos pelo Espírito Santo
em nome do teu Filho, Jesus,
para louvar o Pai e escutar a sua Palavra,
proclamam que Jesus é o Senhor.

Maria, cheia de graça,
porque foste, desde sempre,
cheia do Espírito Santo,
és o nosso modelo.

Nós queremos aprender, Contigo,
a ser dóceis e humildes
e aceitar, em tudo, a vontade do Pai.

Guia-nos e ensina-nos
a abrir os nossos corações ao Espírito Santo,

para que Ele nos renove e nos transforme,
à imagem do teu Filho,
e, assim, possamos ser luz para o mundo
e fermento capaz de levedar a massa.

Nas tuas mãos de Mãe
entregamos, hoje,
o nosso testemunho
e o nosso Grupo de Oração.



PRESENÇA DO MONTE SIÃO NO RCC

O Grupo tem marcado presença, desde a primeira hora, nas Assembleias nacionais e da Diocese de Lisboa. Nestes últimos anos, a Assembleia nacional é realizada anualmente em Fátima, no Verão; a Diocese de Lisboa tem a sua Assembleia em Janeiro, celebrando o aniversário da entrada no RCC.
Quantas graças recebidas nos Retiros, anualmente realizados ou nos encontros promovidos com grandes figuras carismáticas!
Impossível esquecer a Missa de cura, celebrada no nosso Salão Paroquial em 1994, com o Pe. Emiliano Tardif, aberta a todos os Grupos da Diocese. Todos de pé (não havia espaço para cadeiras) e Salão à cunha! E não foi a única!
Ordenado em 1955 como Missionário do Sagrado Coração, dedicou-se ao trabalho humanitário com os pobres até 1973, quando ficou seriamente doente. No entanto, através das orações de um grupo carismático ele foi instantaneamente curado. Interessou-se pelo Movimento Carismático e logo após descobriu o extraordinário dom de cura com que foi favorecido. Desde então viajou por todo o mundo para anunciar a todos que “Jesus está vivo e ainda hoje realiza milagres e maravilhas do mesmo modo como fez há 2000 anos atrás”.


Muitos dos nossos irmãos participaram, também, em Peregrinações, algumas organizadas até pelo Grupo Monte Sião: constituíram uma ocasião de intenso crescimento interior, uma experiência de oração comunitária magnificamente vivida, um “pedacinho da alegria do céu”!



Posted by paroquia On Junho - 15 - 2013 Pontuais

...

PROCURAR

VIDEO

MÚSICA

Oiça as músicas